Os patinetes elétricos têm estado no centro das discussões nas últimas semanas por ainda não estarem regulamentados. Porém, além da regulamentação, existe outro fato
importante: a responsabilização advinda dos danos que podem ser ocasionados por esse meio de transporte.

O Código Civil em seu artigo 927 prevê que todo aquele que cometer ato ilícito tem o dever de reparar o dano a outrem, sendo que, para a reparação de danos é necessário a análise da culpa, do dano e do nexo de causalidade.

Sendo assim, em caso de acidente com patinetes poderá ocorrer a responsabilização do condutor e também da empresa dona do patinete, assim como ocorre nos casos de
aluguel de carros.